Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Faculdade de Tecnologia quer aproximar indústria e atividade acadêmica
Em: 08/11/2017 às 13:12h por Assessoria de Imprensa

Foto

Unir o conhecimento produzido em sala de aula, as necessidades da indústria com respaldo dos centros de tecnologia e inovação. Esse é o grande desafio das próximas décadas, uma conexão que permita elevar o número de inovações e de pessoas pensando fora da caixinha. O tema foi debatido durante o primeiro dia do III Simpósio de Iniciação Cientifica e Extensão da Faculdade de Tecnologia Senai Mato Grosso (Fatec Senai MT) – Produzindo Conhecimento, que segue até o dia 09, no  setor Oeste - 3º Piso da Arena Pantanal.

Na noite de ontem estiveram presentes o presidente do Conselho Temático de Inovação e Tecnologia (Cointec), Silvio Rangel, o gerente de tecnologia e inovação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai MT), Valdir de Souza e o gestor do Parque Tecnológico de MT, Rogerio Nunes.

Para Rangel, Mato Grosso está na rota inovação, mas ainda precisa se firmar. Segundo ele, os alicerces da inovação envolvem: incentivos fiscais, diminuição da burocratização, criação de polos tecnológicos, troca de informações entre pequenas empresas, criação e identificação das necessidades de mercado, parcerias com institutos de pesquisa, incentivo para capacitação de profissionais e o investimento em pesquisa e desenvolvimento. “Uma junção de talentos, cultura, pesquisa, recursos e legislação que vão gerar uma nova mentalidade”.

O gestor do Parque Tecnológico de MT, Rogerio Nunes, apresentou o parque tecnológico que está em construção em Mato Grosso e deverá se tornar uma referência em criação, desenvolvimento, disponibilização de soluções tecnológicas e atração de empresas inovadoras ao mercado. Atualmente um embrião do parque está funcionando em formato de coworking na Arena Pantanal.  “Estamos vivendo um momento de transformação de cultura. O parque tecnológico já existe porque tem pessoas trabalhando por inovação, agora precisamos fortalecer essa cultura e a as faculdades tem papel fundamental nisso”, pontuou.

Por fim, o gerente de tecnologia e inovação do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai MT), Valdir de Souza, apresentou as inúmeras opções que a instituição oferece para quem quer inovar. São pelo menos cinco programas nacionais que apoiam e subsidiam projetos. A instituição também está em fase de construção do Instituto Senai de Tecnologia em Mato Grosso, que deverá alavancar a criação de novos produtos e processos voltados para a indústria.

Grand Prix

Nesta quarta-feira (08/11) a partir das 14h, ocorre a largada do Grand Prix de Inovação, destinado à geração de ideias inovadoras que solucionem problemas reais da indústria. O laboratório de ideias é voltado a estudantes, professores, empresários e demais instituições que desejem trabalhar inovação. Das 14h às 18h30, também ocorre a exposição de projetos de ‘Iniciação Cientifica, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação’ desenvolvidos durante o ano pelos acadêmicos da Fatec Senai MT. 

A partir de 19h, começam as palestras temáticas nos Eixos de Alimentos, Gestão e Negócios e Tecnologia da Informação. A entrada é gratuita.

Mais informações pelo (65) 3612-1728 ou mercado.fatec@fatecsenaimt.com.br.




Foto
Foto
Foto

Foto
Foto

 

 
 

 

 

 
Prêmio Melhores Indústrias Para Trabalhar em Mato Grosso
VER OUTROS VIDEOS
Sistema FIEMT / SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Consulte nossos telefones