Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Laboratório do SENAI desenvolve prótese de mão para garoto que sonha em ser goleiro
Em: 08/02/2017 às 15:49h por Assessoria de Comunicação

Mateus Rodrigues nasceu sem três dedos na mão esquerda. Peça foi feita pela 3D Lopes, empresa especializada em prototipagem rápida instalada no espaço de empreendedorismo do Sistema FIEMG

Mateus Rodrigues Moreira, 11 anos, é cruzeirense e bom de bola. Na escolinha de futebol em sua cidade natal,Manhuaçu, em Minas Gerais, joga em duas posições: lateral direita e no gol. “Meu sonho é ser goleiro”, diz. Por uma má formação, o pequeno jogador nasceu sem três dos dedos da mão esquerda. “Sempre quis a sensação de ter cinco dedos”, conta ele, minutos antes de receber uma prótese desenvolvida no Laboratório Aberto do SENAI .

A peça foi feita pela 3D Lopes, empresa especializada em prototipagem rápida instalada no espaço de empreendedorismo do Sistema FIEMG. Em agosto de 2016, eles entregaram a primeira prótese para uma garotinha de três anos . “A primeira tinha um mecanismo mais simples. Esta nos ofereceu um desafio maior porque a palma precisava ser mais flexível. É um caso específico que nos fez experimentar a aplicação de novos materiais. O esforço é também para ela seja cada vez mais leve e flexível”, explica Daniel Lopes, engenheiro mecânico e fundador da empresa. Para acionar a mão, Mateus tem que fechar o punho.

O garoto enfrentou dificuldades no passado e, ao receber a prótese, ficou bastante ansioso para mostrar a nova mão para a família e amigos. “Sofri com o bullying quando era menor, mas aprendi a lidar com isso”, ressalta.

“Sofri com o bullying quando era menor, mas aprendi a lidar com isso” - Mateus Rodrigues

Os pais souberam da possibilidade da prótese a partir de uma matéria na TV. Entraram em contato com o SENAI e, dois meses depois, acompanharam a alegria do filho em receber a peça. “O Mateus é um menino divertido e cheio de amigos. Ensinamos a ele desde cedo que os amigos vão aceitá-lo como ele é. E, assim, ele segue ensinando outras pessoas”, diz a mãe, a professora Marcelle Rodrigues.

“É muito gratificante ver a inovação ser colocada em prática, transformando pessoas e o Brasil”, diz a diretora do Laboratório Aberto, Márcia Andrade Carmo de Azevedo.

O dia em que Mateus recebeu a prótese terminou com a realização de outro sonho. O menino, que já planeja grandes defesas, foi recebido pelo goleiro do Cruzeiro Fábio, na Toca da Raposa, em Belo Horizonte. Um treino e tanto para a estreia da mão.

SAIBA MAIS - O SENAI possui sete Laboratórios Abertos, inaugurados em 2014. Eles estão localizados em Manaus, Dourados (MS), Maringá (PR), Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Campina Grande (PB) e Salvador. Nesses ambientes, alunos do SENAI, de outras escolas, universidades, empresários e a sociedade em geral podem usar os ambientes para desenvolver seus projetos de novos produtos e negócios.

O Laboratório Aberto de Belo Horizonte, onde a prótese foi desenvolvida, é um ambiente de aprendizado criado para receber pessoas com diferentes perfis e habilidades. Oferece acesso livre a equipamentos e estimula o trabalho colaborativo para desenvolvimento de produtos, processos e negócios. Situado no Centro de Inovação e Tecnologia SENAI FIEMG CIT, o Laboratório fica em uma região conhecida como "Cidade do Conhecimento", por abrigar diversos institutos, universidades, incubadoras e entidades de fomento à pesquisa. Conheça melhor a infraestrutura do Laboratório Aberto do SENAI e veja o que ele oferece no site da FIEMG.

Texto e fotos: FIEMG

 

 
 

 

 

 
Bairro Santa Isabel recebeu serviços do projeto Multiação
VER OUTROS VIDEOS
Sistema FIEMT / SENAI - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Consulte nossos telefones